Menu Papel POP
cinema

Sandy e Antônio Fagundes no filme de terror brasileiro “Quando Eu Era Vivo”

Olha que delícia! Um filme de terror nacional com Sandy e Antônio Fagundes! O longa nacional “Quando Eu Era Vivo”, que ainda tem Marat Descartes em um dos papéis principais, divulgou suas primeiras fotos hoje!

Sandy será uma aluna que começa a receber pacotes bizarros

A trama acompanha Júnior (Descartes), um homem que volta a morar na casa do pai (Fagundes), onde uma jovem estudante de música, Bruna (Sandy), aluga um quarto. Lá ele fica jogado no sofá, em paz, até que começam a chegar pelo correio pacotes anônimos com mensagens bizarras. A produção vai mexer ainda com elementos de terror e ocultismo.

O longa-metragem, dirigido por Marco Dutra, é uma adaptação cinematográfica do livro “A Arte de Produzir Efeito sem Causa”, de Lourenço Mutarelli. A estreia acontece em junho deste ano!

- O que é imortal não morre no final, hein, pessoal?



por Guilherme Alves em 11/03/2013 20:46

Comentários

Os comentários estão fechados.

Topo