Menu Papel POP
Eu Quero

9 lojas de roupas para visitar em NYC

Então vamos começar 2013? Vamos dar um start no ano falando de coisa que todo mundo ama: roupas. Lindas roupas. Roupas baratas. Quem visitar NY um dia, vai entender. O lugar é o paraíso das roupas. Tem de tudo, de todos os gostos, para todos os tipos. O mais legal de andar pela cidade é que a galera é desencanada mesmo. Todo mundo se veste do jeito que se sente bem. Por lá, Lady GaGa nenhuma é estranha. Nas lojas, você encontra um misto fashionista, retrô e cool. É só saber andar e dar uma penchinchada para sair com imensas sacolas, lotadas de roupas, sapatos, bolsas, acessórios…

H&M
Não tem como falar de NY (ou qualquer outro canto do mundo) sem falar da famosa H&M. Nunca tinha entrado em uma e, ao pisar na primeira, na 5ª Avenida, meu coração deu uma batidinha mais forte e, na minha cabeça, passou aquela música tema da novela “Celebridades”. A H&M é o paraíso para quem quer comprar roupas bacanas por preços incríveis. Os caras levam o “sale” a sério e aí não dá outra: tem blusão por 20 dólares, camisetas por 5 dólares, meias, cuecas, calças… É uma rede de fast fashion, então a dica é: ande pelas araras, vasculhe. Alguém sempre deixou alguma roupa incrível perdida no meio das blusas.

Existem várias H&M por NY e a dica é: entre em todas que você encontrar. Cada uma tem uma roupa diferente, uma promoção diferente e uma nova peça favorita.

Forever 21

Outro sonho de NY. Seja na Times Square ou na 34th St, a loja é linda. Minimalista, com uma imensa seleção de roupas para as meninas – e um cantinho menor para os meninos. São achados fofos e lindos por um preço um pouco mais alto que a H&M, mas que, ainda assim, vale muito.

Macy’s
Pra quem pode um pouco mais, a Macy’s é uma gigante no meio da NY. Desça na 34th St, olhe para o lado e veja a maior loja do mundo brilhar. Ao entrar, você entende que a Macy’s é, na verdade, um grande shopping. Existem vários corners de marcas diferentes com coleções bacanas. É de se perder e gastar um dia todo visitando a loja. Por onde quer que você esteja na cidade, sempre tem alguém com a sacolinha vermelha da Macy’s. Aí não tem como não ficar com vontade…

Bloomingdale’s

Uma coisa fina que só. Você sai do metrô e já está dentro da Bloomingdale’s. Obrigado, Rachel Green. Outra loja que é tipo a Macy’s e funciona como um aglomerado de marcas juntinhas. Nesta, no entanto, você acha algumas coisas mais únicas e caras, como McQueen, Dior, Gucci… É um ótimo lugar para encontrar marido rico, rs.

Claro, saí sem nenhuma “brown bag” de lá.

Who.A.U.
Um achado no meio de Manhattan. Uma lojinha pequena, mas com roupas bem bacanas. Pegamos uma liquidação ótima e tudo na loja estava com 50% off. Resultado: algumas sacolas. Como é inverno, tudo é recheado de lã, linho e casacos ultrapesados. E calças de moletom, claro. Só amor.

Urban Outfitters
Quem não conhece a UO, não sabe o que é viver. A loja é incrível e era tipo um sonho entrar em uma delas. Fique esperto com a loja on-line dos caras, que possuem peças exclusivas e que não estão à venda nas lojas físicas. Entre, roube o Wi-Fi e vá pegando várias roupas diferentes e engraçadinhas da arara. Ali, é fácil deixar uns US$ 500 sem perceber.

Aldo
Sapatos e acessórios lindos com preços bacanérrimos. Lá em NY, a moda é spike e brilho, então prepare-se para deixar seus olhos brilharem a cada passo que der pela cidade. Dá uma olhadinha no site e já se encante pelos modelos.

Old Navy
Infelizmente, não fui na Old Navy. Mas a Michele foi e ela ficou encantada. E, pelo o que mostrou de suas compras, é um ótimo lugar para deixar as calças, também. Camisetinhas lindas por US$ 5, roupas de esporte, roupas para crianças, para mulheres… <3

Midtown Comics

Ali no meio do fuzuê da Times Square, existe uma lojinha linda para os nerd: a Midtown Comics. Meu filho, se prepare para se apaixonar por todos os bonecos do mundo. Graças ao bom Deus não tinha muitos Super-Homens na loja, senão… Ali é um ótimo lugar para comprar bonés e camisetas de heróis e seriados, além de alguns outros acessórios engraçados, como colares, anéis e afins. E encontrar vários nerds comprando HQ’s.

Woodburry

FICA A DICA, AMIGO. Vai para NY? Reserve um dia todo para visistar o outlet de Woodburry. Leia bem: outlet. E é sério. É tudo, tudo mais barato. Para você ver o nível da coisa, precisamos comprar uma mala grande de viagem por lá mesmo para carregar as compras. Estávamos em 3, todos com uma mala de rodinhas que faziam um barulho gigantesco pelas ruas. Andávamos e víamos as pessoas dando risada. Deixe a vergonha de lado e se divirta. Tem blusa da GAP por US$ 12, camietas da Disney por US$ 9, calças da Calvin Klein por US$ 50 e bolsas Michel Kors por US$ 300.

Para visitar, você precisa pegar um ônibus fretado. Em qualquer canto da cidade você encontra passagens, o valor é de aproximadamente US$ 41 ida e volta. Ao chegar em Woodburry, vá direto ao centro de informações e pegue o bloco de descontos. Trata-se de um bloquinho que dá 10%, 20%, alguns dólares e brindes para várias lojas do outlet (que é à céu aberto, então não ouse ir em um dia chuvoso). Pegamos um dia lindo, ficamos 12h no lugar e nem percebemos o tempo passar.

Quer mais roupas? Vá para o Soho. O bairro, lindinho, possuí várias lojas charmosas que vão fazer você se encantar. Ali tem a lojinha do Dr. Martens, tem Galeria Melissa, tem livrarias lindas e as pessoas mais estilosas de Manhattan estão por lá.

Evite
Desculpa, galera. A Century 21 foi uma decepção pra mim. Entramos na esperança de deixar as calças e saímos com nenhum item. A loja é um ótimo lugar para achar itens de marcas famosas por preços baratos. Infelizmente, só pegamos ponta de estoque. Olha, tinha cada coisa feia…

Fuja (com todas as suas forças) da 5ª Avenida. Visite, claro, mas prepare-se para um empurra-empurra danado e uma boa dor de cabeça. Tem tanta gente no lugar que você olha pra frente e vê uma multidão tipo a transição da linha verde-amarela do metrô às 18h. O lugar é lindo, mas é lotado.

Não entre na Abercrombie & Fitch. Música alta, cheiro ruim e muito brasileiro gritando. Juro.



por Caio Caprioli em 02/01/2013 13:08

Comentários

Os comentários estão fechados.

Topo