Menu Papel POP
cinema

“As Vantagens de Ser Invisível” chegou aos cinemas! Nós já vimos e…

… saímos com os olhos lacrimejando e apertinho no coração. Imagina que você está prestes a entrar no colegial, sem amigos, sua família acha você estranho, você está se recuperando de depressão e ainda guarda um segredo do passado que te assombra. Como defesa para viver e encarar as dificuldades, você prefere ficar “invisível”…

Essa é a história de “As Vantagens de Ser Invisível”, filme que estreia sexta-feira (19) com Emma Watson, Logan Lerman e Ezra Miller no elenco. O longa é uma adaptação do livro de mesmo nome escrito por Stephen Chbosky, que também dirigiu o filme.

O que a gente achou do filme?

É uma das melhores histórias adolescentes sobre amizade, superação e descoberta da vida adulta. É um longa encantador, com belas atuações do trio principal e uma trilha sonora certeira para cada cena (The Smiths, New Order, Sonic Youth, David Bowie).

Mas o filme não é nenhum conto de fadas, é bom avisar. Tem história de desilusão amorosa, fala de suicídio, dramas da primeira vez, drogas, garotos que sofrem ao se apaixonar por outros garotos, etc. Ou seja, tem um mundo de verdade.

Post não acaba aqui… Leia mais sobre a atuação de Emma Watson e dos meninos

A história de Charlie, Patrick e Sam…

Assim que Charlie (Logan Lerman, de “Percy Jackson”) chega no novo colégio, sem amigos e sem esperanças, o garoto vira alvo fácil dos veteranos. Isso até encontrae um garoto engraçado que chama sua atenção: Patrick (Ezra Miller, de “Precisamos Falar Sobre o Kevin”).

Patrick, que é gay, é um dos esquisitos que não se dá muito bem com as pessoas da sua idade. Charlie decide ficar mais próximo do rapaz e acaba conhecendo a meia-irmã do novo amigo.

É aí que entra Sam , interpretada por Emma Watson…

Sério, prepare-se para se esquecer durante as duas horas de filme que essa menina viveu a fofa Hermione. Em “Vantagens…”, Emma aparece extramente madura e muito competente fazendo a garota independente, segura de si, sexy e com um sotaque americano perfeito.

Obviamente, Charlie se apaixona por Sam. Ela é uma menina rebelde, livre e segura de si. Ao lado dos dois, o garoto começa a viver seus primeiros amores, desejos, vontades e tentando exorcizar traumas e medos.

Logan é o foco do filme, mas ele só funciona por causa da química do trio…

O personagem do ator é extremamente sensível e faz a gente sentir uma aflição quando está tentando entender o trauma do seu passado. Mas, às vezes, ele descola um pouco de Charlie. Há uma cena em que ele escuta uma fita K7 (o filme se passa em 1991) e dança ao som da música, mas essa dancinha simplesmente não convence.

E o Ezra Miller?

O ator deixou todo mundo morrendo de medo com a história do psicopata Kevin, em seu filme anterior, é uma das melhores partes de “As vantagens…”. Engraçado e complexo, ele nos deixa morrendo de inveja da loucura dele, daquelas pessoas que pouco se importam com quem está olhando.

Dá vontade de dançar na rua, gritar no meio do colégio e dirigir com as janelas do carro abertas, com música no último volume.

“As Vantagens” é um filme fofo e encantador porque é sincero…

Porque você olha pra tela e consegue se imaginar lá dentro. De um jeito ou de outro, você vai se identificar Charlie, Sam ou Patrick, ou vai se achar uma mistura de todos eles. Vai lembrar que seus primeiros anos pelo colégio foram bem difíceis, mas foram também muito bons. E vai achar que adoraria uma oportunidade de viver tudo aquilo de novo. Do jeitinho que aconteceu.

Vá ao cinema ver o filme e depois diga o que achou. É apaixonante…



por Lutero em 19/10/2012 13:03

Comentários

Os comentários estão fechados.

Topo