Menu Papel POP
televisão

A briga da audiência dos seriados: “Gossip Girl” pode ser cancelada? E “Revenge”?

Ter um seriado favorito cancelado, sem um final digno… Esse é o pesadelo de qualquer fã. O futuro de uma série às vezes é totalmente imprevisível porque a TV americana é meio maluca.

Mesmo com uma baixa audiência, uma série pode ser mantida no canal, seja por política, lobby ou mesmo para ter retorno positivo com a crítica. “30 Rock” manda um oi, por exemplo!

Este é o assunto da coluna de hoje. Vamos olhar alguns casos e ver quais podem continuar ou não?

As séries do Canal CW: “Gossip Girl” pode rodar?

Não confunda o sucesso da série no Brasil com seu desempenho nos Estados Unidos. São os números de lá que contam e, para tristeza dos fãs, isso pode significar, sim, o cancelamento de “Gossip Girl”.

A questão é que a CW sofre uma crise atualmente. Três vagas precisam ser abertas para novos seriados nesta fall season. Como este é o último ano de “One Tree Hill”, está já sai, mas e as outras duas vagas? Quem vai abrir espaço? “Gossip Girl” pode ser uma delas, assim como “Nikita”, “Hart Of Dixie”, “Ringer” e “The Secret Circle”. O mais provável é que “Nikita” seja cancelada, afinal a série sofreu para conseguir chegar ao segundo ano. Então falta uma para rodar…

Por que isso pode acontecer com “Gossip Girl”? Porque quanto mais velha fica uma série, mais cara ela fica (aumentos de salários dos atores, etc.). Então o produto precisa ser extremamente rentável para o canal continuar investindo. Se a audiência só cai e os salários só aumentam, ela normalmente é cortada.

Vamos torcer para que “Gossip Girl” fique assim como aconteceu como “Smallvile” e “Supernatural” – aliás, esta última só não ganha nova temporada se elenco e produção não quiserem!

As séries da ABC: “Revenge” é sucesso, mas e “Cougar Town”?

A novata “Revenge” é o grande sucesso da ABC. Tem uma trama totalmente clichê, mas ao mesmo tempo deliciosa. Personagens bons, novelão, drama e reviravoltas no roteiro fizeram a série fincar de vez o pé na areia dos Hamptons. Todos querem saber até onde Emily Thorne é capaz de ir. Até o pessoal de “CSI” está com medo dela. A segunda temporada de “Revenge” é óbvia. Só falta o canal anunciar.

Mas e “Cougar Town”? Ela voltou, mas continua com uma audiência baixíssima em suas primeiras semanas de nova temporada. É bom que melhore isso, senão nem mesmo um novo nome poderá salvar a série. “The River”, que estreou com uma temporada de oito episódios, não deve passar disso. Tem audiência e roteiro que são uma piada – sem graça, aliás.

“Grey’s Anatomy”, na temporada número oito, não apresenta sinais de cansaço na história. Ainda está muito longe de desligarem os aparelhos deste seriado. Mas o mesmo não podemos falar de “Boddy Of Proff”, que já deve estar até na autópsia!

As séries da FOX: “Fringe” continua?

A situação de “Fringe” preocupa. Não é tão cara quanto “Terra Nova”, mas a audiência baixa não cobre os custos da série. Os executivos do canal não decidem nunca se este é o último ano do show. A esta altura já não dá para refazer o último episódio. Se a série encerrar mesmo este ano, vamos ter um final apenas satisfatório.

A FOX é um dos canais que apresenta mais qualidade, ainda que técnica, na programação. Mas nem sempre um orçamento bilionário é garantia de um bom show. “Terra Nova” está aí para provar. Os executivos do canal ainda não bateram o martelo sobre o futuro desta série também, que disputa uma vaga com “Alcatraz”, a série que é tipo um “Lost” para burros e que também precisa melhorar a audiência.

As séries da NBC: “Whitney” e “Community” continuam?

A NBC sofre com audiência e não é de hoje. “The Firm”, por exemplo, já foi cancelada. E apesar de novas apostas como “Awake” e “Smash”, os números da audiência das mesmas já começaram a cair (o que já é esperado pelo canal).

No entanto, as mais sofridas do canal são “Whitney” e “Community”. A primeira parece viver um dejavu de ”Outsorced” (lembra dela?). Começou com uma audiência boa, mudou para um horário bizarro e perdeu o público. Acabou sendo cancelada.

Já “Community” surpreendeu a emissora pelo entusiasmo dos fãs e pela crítica, que amou o seriado. A série retorna no dia 15 de março e só não está na pior pois a média de audiência de todas as séries da NBC já desceu de nível e os números de “Community” já são considerados medianos para o novo padrão ruim de audiência de seriados na NBC.

As séries do canal CBS: tá tudo bem por aqui, gente…

A CBS sempre tem a série mais assistida da temporada. “Person of Interest” é um sucesso, por exemplo. O seriado tem disputado a audiência gigantesca do horário com “Grey’s Anatomy”, o programa rival transmitido pela ABC. Isso já é um bom motivo para renovação. Vem aí a segunda temporada na certa, mesmo não trazendo os números que CSI já trouxe nesta mesma faixa horária.

Aliás, ”CSI: Las Vegas”, que já foi a menina os olhos do canal, apresenta resultados medianos. A série já sofreu pelo menos três grandes mudanças de elenco e ainda não superou o fato de que está na hora de acabar. Os números continuam bons, mas a série perdeu sua essência. Larga o osso, CBS.

“The Mentalist” e “Hawaii Five-0″ trazem índices satisfatórios, assim como “2 Broke Girls” e “How I Met You Mother”, que já tem sua nona temporada confirmada.

Se você gosta de acompanhar tudo sobre a audiência das séries, o site Box de Séries tem uma coluna semanal sobre o assunto que sai sempre na segunda-feira.

* Caio Fochetto (@caiofochetto) é paulistano, um dos criadores do Box de Séries e aqui no Papelpop ele sempre escreve sobre seriados todos os domingos.



por Caio Fochetto em 26/02/2012 15:48

Comentários

Topo