Menu Papel POP
música

novo disco do scissor sisters é vetado em lojas dos estados unidos

Eles podem ser adorados no Reino Unido, onde as vendas do novo CD da banda, “Ta-Dah”, é sucesso absoluto. Mas nos Estados Unidos a coisa é completamente diferente. Por causa de uma declaração do vocalista Jake Shears sobre o alto preço dos discos vendidos por uma das principais lojas de música do país, a FYE, o novo CD do Scissor Sisters não chegará nas prateleiras das 1.100 filiais da rede.

Tudo começou quando Jake Shears foi comprar o novo CD do Racounteurs na FYE e reclamou que o disco estava muito caro. “Os preços de vocês estão muito altos. Discos não deviam custar mais do que 15 dólares. Por que um lançamento custa 20 dólares? Isso é um absurdo”, disse o vocalista.

A resposta da gravadora?

“Senhor Shears disse que tentou comprar o disco do Raconteurs mas não o levou porque achou caro demais. Mas ele não conferiu o preço na caixa registradora. Senão veria que o CD estava em promoção. Ele fez uma declaração incorreta e não nos consultou para discutir o preço. Seria de bom gosto um pedido de desculpa.”

Como os executivos não ouviram “sorry”, tiraram o CD das prateleiras.

Pode falar. É ou não é muito esculacho no mundo da música?



por Phelipe Cruz em 27/09/2006 23:50

Comentários

Topo